Hoje, sábado, 25 de novembro de 2017

SOBRE ANA > DEPOIMENTOS - PACIENTES DA TERAPIA


Recebo muitos e-mail indagando se a terapia online funciona e quais os resultados podem ser observados. Sempre digo que a terapia, seja online ou presencial, tem efeitos diferentes em cada pessoa, conforme o caso, o conflito vivido e a resposta terapêutica.

Seguem alguns depoimentos de pacientes...em épocas diferentes e em conflitos distintos, que testemunham a diferença encontrada à partir da terapia. Isto pouco tem a ver comigo, ou com algum método específico, mas sim com o desejo de mudança real que brotou no coração de cada um deles e com a seriedade que cada um "se encarou" em todos os processos.


Ana D´Araújo


_______________________________________________________________________



Meu encontro com a Ana, em Dezembro de 2006, foi uma brisa de ar fresco no olho do furacão, que era onde eu me encontrava.

Era próximo ao Natal e não conseguia ninguém, nenhum profissional da área dela que pudesse me atender, de todos eu recebia a resposta de que  só ano que vem, estou saindo de férias, minha agenda não comporta, e por aí a fora. Uma sensação de desespero, de desamparo, uma necessidade urgente de ser ouvida sem ser julgada me assolava, até que encontrei a Ana através do site do Caio (www.caiofabio.net), e resolvi ligar, fazer contato, tentar.

O atendimento à distância caiu como uma luva para a minha necessidade. Nós tivemos uma conexão imediata e eu  me tornei sua paciente. Por mais de um ano nós conversamos uma, às vezes duas vezes por semana. Ora por voz, ora somente teclando, e posso dizer que ela me ajudou muito, tenho certeza absoluta que foi Providência de Deus tê-la achado.

Mesmo depois da alta, eu tenho pela Ana um carinho especial, e uma gratidão sem tamanho.

Um beijo, querida - tudo de bom pra vc, sempre!

Lu- RJ

__________________________________________________________________________

A terapia veio na minha vida por ugência de um momento de dúvidas, medos e muita insegurança. Cheguei até a Ana com uma vontade muito grande de mudar, de ter uma vida melhor, superando traumas que havia contado para poucas pessoas e que tinham se instalado ainda na adolescência, quando eu tinha pouco mais de 13 anos. Po estar tanto tempo camuflados, foi muito difícil abrir os acontecimentos e muito mais ainda começar a enfrentar os fantasmas do medo, da culpa e da vergonha. Mas quando menos esparava, aquele peso todo começou a perder força dentro de mim e as lembranças foram ficando mais leves e menos significativas. Até o momento que comecei a perder o foco de vítima na história da minha vida, tendo consciência de que as coisas podiam ser diferentes a partir daquele dia, e que coisas boas podiam ser acrescentadas em mim daquele acontecimento. A Ana foi um instrumento de Deus nisso tudo, pois sua presença e cuidado foram fundamentais para que eu tivesse a coragem de dar o passo necessário para falar. Hoje, puxa vida, com certeza trago muito mais auto-confiança e discernimento sobre como lidar coma  vida e com os problemas. E isso muito graças ao atendimento, recomendo sempre a amigos que enfrentem e decidam por se olhar através da terapia.

Anônimo - PR

___________________________________________________________________________

Encontrei o atendimento online em dezembro de 2007. Neste tempo eu passava a pior crise da minha vida, sem dúvida alguma. Fim do casamento e transição de emprego, com muita indefinição. Eu sempre tive dificuldade de me abrir com alguem e o fato do atendimento ser online, me ajudou, pois eu me sentia mais a vontade para falar com alguem a partir da internet.

A Ana com seu jeito simples, calmo e amoroso, me fêz entender enfim quem eu era, o porque eu sofria e entender a minha autopiedade. Em alguns meses saí da depressão e do poço escuro em que parecia estar há mais de 2 anos.

Hoje eu posso dizer como na canção do Almir Sater - “Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe...eu só levo a certeza de que muito sei, nada sei”. Penso que daqui para frente minha vida será sempre aprendizado e mutação.

Sou grato a Ana, minha familia também é grata, pois com certeza hoje carrego nova esperança para a vida.

 

Alberto - SP

_________________________________________________________________________________


Eu faço terapia desde 14 anos de idade, e passei por diversos terapeutas com métodos e tecnicas diferentes.  Sempre sofri de ansiedade forte e muita insegurança.

Isto me atrapalhou na minha vida escolar, social, afetiva e familiar. Engordei 17 kilos e perdi toda a alegria de viver. Além disso já havia tomado muita medicação para a ansiedade, o que me deixava melhor, mas não definitivamente.

Um dia minha amiga do trabalho me disse que ela tinha começado uma terapia diferente, porque era online, pela internet. Não acreditei muito que isto desse certo. Mas fui ficando a cada dia mais triste e sem esperança e resolvi perguntar a minha amiga se ela estava gostando e ela respondeu afirmativamente. Pedi o e-mail e fiz meu primeiro contato com a Ana para a terapia online. No primeiro encontro, já  me senti amparada. Era como se alguem enfim tivesse me compreendido e com toda paciência. Senti confiança.

Não foi um processo fácil, foi dificil e dolorido, porque na maioria das vezes é ruim olhar para dentro e descobrir como somos...mas foi definitivo. Consegui entender que o que me fazia infeliz estava em mim mesmo e não nas pessoas a minha volta, como eu sempre pensei. Eu queria que o mundo mudasse e as pessoas também...mas era eu que precisava mudar.

A Ana me incentivou a cuidar de mim, do meu corpo, do meu espírito e da minha alma, e me ajudou a olhar para mim mesma de uma forma como eu nunca havia feito antes. Eu sinto que foi Deus que me levou até a terapia online e sou muito agradecida pela oportunidade.

 

Paula - ES

____________________________________________________________________

Eu sempre fui adepto a terapias e nunca resisti em fazê-las sempre que tive oportunidade. Mas o grande diferencial para mim, na terapia online, é a abordagem existencial que a Ana faz.

Isto me ajudou  de maneira mais simples, e mais objetiva a aceitar aquilo que eu vinha chamando de “problema” por mais de 10 anos, e tentava solucionar passando de profissional em profissional.

Eu venho de uma familia  tradicional e religiosa, e sofria com a aceitação de minha sexualidade. Eu podia aceitar ou lidar com isto, com vergonha de todos ao meu redor. Não somente porque sabia que não seria aceito, mas principalmente porque eu mesmo não me aceitava.

A terapia me ajudou a me aceitar como eu sou e sei que a minha condição não depende de mim, mas dos traumas e abusos que eu sofri na infancia . E o fato de aceitar quem sou, também me levou a me relacionar melhor com minha família e amigos sem preconceitos. Além de tudo, hoje sei que Deus me vê como eu sou, e que  Ele me aceita.

A terapia online foi presente de Deus para mim, para que minha condição não seja peso, mas que eu me aceite e viva feliz.

 

Sergio - DF

______________________________________________________________________________

Moro fora do Brasil já 9 anos. E nos 4 ultimos anos sofri de síndrome do pânico. Queria fazer terapia, porque sabia que a terapia seria de grande ajuda para mim. Mas como eu poderia me expressar apropriadamente em outra lingua? Este era meu medo e isto era uma barreira para mim.

Um dia eu lia o site www.caiofabio net, como sempre faço e me deparei com a terapia online. Falei para o meu marido que talvez este fosse um bom caminho para mim, e ele concordou.

Comecei a minha terapia em março de 2008 pela internet. De lá para cá, consegui vencer o pânico e descobri que Deus é amor, vida e pacificação.

Tenho indicado a terapia online para amigos que também moram fora do Brasil e sou muita grata por esta oportunidade.

Espero que Deus retribua a vida da Ana sempre com muita paz e alegria.

 

Rosa – EUA


______________________________________________________________________________


Casei aos 20 anos e como a Ana sempre me diz, casei para "legalizar o sexo sem culpa".

Fiz parte de muitas lideranças evangélicas, até me tronar "pastora". Mas dentro de mim havia um grande vazio e muita culpa, porque sabia que tudo aquilo que eu vivia era só aparência e não realidade.

Depois de muitas noites de angustia no coração e de um profundo desajuste, resolvi romper com tudo e encarar a verdade dentro de mim, mas me sentia fraca e sem força. Foi aí que numa noite de insônia resolvi acessar este site e me informar como eu poderia fazer a terapia. Após receber as informações, demorei a ter coragem, pois sabia que isto implicaria num enfrentamento de quem eu realmente era, de que meu casamento era um "teatro" sem amor, sem verdade, mas criei coragem e comecei.

Foi muito doloroso o processo, mas passaria tudo novamente, porque a leveza que carrego na alma por hoje ser quem realmente sou, não tem preço!

Rompi com tudo que era mentira na minha vida, e me encarei de verdade. Como doeu! Mas valeu muito a pena!

Meu casamento não existia, por isto acabou de verdade. Era uma farsa. 

Larguei o cargo de pastora, porque ele era para mim apenas sinônimo de "poder e status", mas não havia "chamado" e muito menos amor.

Hoje pude recomeçar minha vida em todos os sentidos. Nova faculdade, relacionamento verdadeiro, novas esperanças. Mas sei que não conseguiria, se não fosse orientada e amparada. E aí é que a Ana entrou neste processo. Ela me segurou pela mão, aguentando minhas lamúrias, cegueiras na mente, repetições, recaídas, desânimos em todo o processo pelo qual eu passei. Como ela mesma me dizia: "doando o ombro e mostrando o espelho".

Sou grata a ela e muito grata a Deus por me fazer chegar até ela!

Ana, oro para que você seja sempre assim e que a sua "alma" continue disposta a nos segurar pela mão e nos ensinar como ficar novamente de pé e reconstruir, e o mais importante, ter me ensinado a poder dizer como jó disse para Deus: "Eu te conhecia só de ouvir, mas agora meus olhos te vêem".  (nunca me esqueço o dia em que você me falou sobre jó!!).

Muito, muito obrigada!

Regina - CE

_______________________________________________________________________


Meu nome é Anderson, sou de Manaus-AM e desde muito pequeno sofria com o alcoolismo do meu pai e as violências que presenciava em casa e com minha mãe. O único sentimento que tinha era de impotência e dizia a mim mesmo que quando crescesse, me vingaria dele. Um dia ao acordar, por volta dos 10 anos de idade, tive a notícia de que ele falecera, vítima de atropelamento e que estava bêbado. Sentia mais raiva de não poder mais me vingar, do que o sofrimento da morte dele. Cresci e achei que tinha esquecido. Porém sofria de uma ansiedade absurda. E além disso, percebi que estava ficando impotente sexual.
Mal sabia eu, que tudo isto era reflexo do minha impotência diante da situação de alcoolismo de meu pai, que me remeteu para a vida com a sensação de fracasso, de perda, e de incapacidade.
Depois de ir a diversos médicos e especialista que me diziam que meu problema não era físico, mas sim psicológico, resolvi compartilhar o problema com um amigo, que me falou sobre a Ana e a possibilidade de me apresentar a ela para que eu marcasse as terapias.
Foi um processo muito curto entre o início e minha melhora, pois ela me dizia que meu problema era evidente e que a causa era muito clara.
Em pouco tempo pude voltar a me relacionar e hoje estou me preparando para constituir minha família, livre de qualquer impotência e principalmente livre da mágoa que guardei a  vida toda pelo meu pai. Hoje sei o que levou meu pai a se refugiar na bebida e entendo que a violência dele contra a família era só reflexo de tudo o que foi a vida dele também.
Quem dera todas as pessoas que sofrem com problemas não resolvidos, entendessem que a cura pode estar bem mais próxima do que imaginamos. 
Eu não pude livrar o meu pai da bebida como sempre sonhei, mas pude entender o motivo que o levou a gir como agiu, até o dia de sua morte, enfim, perdoei meu pai e encontrei a libertação da amargura que me causava até mesmo males físicos.
Graças a Deus pelo Paulo, amigo que me apresentou a Ana, e Graças a Deus pela vida da  Ana, que me ajudou a superar o que me aprisionava e a prosseguir a minha vida de maneira mais completa.

Anderson - AM








Voltar


Ana D´Araújo

Psicoterapia | Ana D´Araújo 2011
www.anadaraujo.com.br