Hoje, quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

REFLEXÕES > A DOR E O TEMPO - MARCELLO CUNHA




A grande ironia é que, grande parte das dores da nossa alma fundamentam-se no que "não é".

Sim, os núcleos dessas dores estão no nosso passado (sejam cinco horas, um dia, uma semana ou cinco anos atrás, na adolescência, na infância ou no nascimento) ou no futuro (sejam três horas à frente, seis horas, um dia, uma semana, um mês, cinco anos ou a hora da morte)

O fato não perceptível e surpreendente pra muita gente é o seguinte: passado e futuro são coisas inexistentes.

O passado inexiste porque já não é.


O futuro inexiste porque jamais chegou a ser.

Tirando-se passado e futuro, geralmente o que sobra é a bonança e alegria possível do agora, do hoje. Pois não é todo dia, e muito menos toda hora que uma bomba explode na nossa vida.

Mas quem quer viver e desfrutar o hoje e o agora?

A vida, pra muita gente, é composta basicamente pelos ecos amargos do passado que já não é, e as projeções assombrosas de um futuro que jamais chegou a ser.

Quem vive assim esvazia a vida. Porque só existe Vida e Verdade de fato, no Hoje e no agora.

Vida é agora, vida é hoje.

Me uno a um antigo salmista que declarou: "Hoje é o Dia que o Senhor nos deu, portanto alegremos-nos e regozijemo-nos nele (no dia de hoje)".

Viver fixado no passado ou no futuro incompatibiliza a nossa consciência em relação à voz, ação e companhia divina. Pois quando Moisés perguntou ao Senhor como responderia a Faraó quando este perguntasse o nome do Deus que o enviara a proclamar libertação do escravo povo de Israel, O Senhor respondeu dizendo: "Diga-lhes que meu nome é EU SOU".

Ou seja, Ele não foi e nem será. Ele É! Hoje, agora.

"Eu Sou!".

E eu? Será que eu sou?Será que eu estou aqui,a gora, me apropriando e me beneficiando do hoje?

Penso nas muitas vezes que pessoas chegam a sentir culpa, por estarem sentindo-se tão bem, mesmo com a consciência da coisa horrível que aconteceu no dia de ontem.

Por outro lado, pessoas sentem-se culpadas por estarem tão em paz, quando uma nuvem negra problemática parece estar à frente no tempo...

Quando a gente aprende a valorizar e viver o hoje (única vida real e existente) a gente acaba tendo que confessar que nós mesmos nos boicotamos perante tamanha Graça, renovo, descanso, consolo e paz dispensadas pelo Pai Eterno.

"Eu Sou contigo".

Hoje. Agora.

"12 Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo;
13 pelo contrário, exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama HOJE, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado.
14 Porque nos temos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até ao fim, a confiança que, desde o princípio, tivemos.
15 Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração". (Aos Hebreus, 3:12-15)



Marcelo Cunha

Voltar


Ana D´Araújo

Psicoterapia | Ana D´Araújo 2011
www.anadaraujo.com.br